A medicina só sua: seus genes e a sua saúde




Há muito tempo os médicos percebem que as pessoas apresentam diferentes graus de predisposição a algumas doenças, como obesidade, diabetes além de doenças do coração. Da mesma forma, as pessoas podem ter respostas bem diferentes a um mesmo alimento ou  medicação. Um medicamento receitado para depressão, por exemplo, pode ser benéfico para algumas pessoas e, para outras, causar efeitos colaterais perturbadores, muitas vezes sérios.
Em 2001, após décadas de pesquisa, foi realizado o primeiro mapeamento do genoma humano, ou seja foi conhecido toda a informação herdada pelo nosso organismo (como nossas caracteristicas são transmitidas entre as gerações). Diversas pesquisas médicas tem sido feitas para conhecer cada vez mais esta nova dimensão do conhecimento.
Neste estudo foram desvendadas situações chamadas de polimorfismos, pequenas variações nos genes que determinam diferenças entre os indivíduos. Eles influenciam as respostas de cada pessoa a alguns tipos de alimentos, ao exercício e aos medicamentos, e também a predisposição a algumas doenças, que podem ou não se manifestar, dependendo dos hábitos de vida.
A interpretação dos polimorfismos (medicina personalizada) permite fazer a prevenção de doenças baseadas no perfil de cada um, assim como e escolha de medicamentos que tenham a resposta mais favorável. Algumas destas informações já foram comprovadas e estão a disposição de todos. Laboratórios de genética fazem exames chamados de "painéis de análise" a partir de gotas de saliva !

Apesar da ainda existir muito a descobrir e a compreender neste campo, as possibilidades de prevenção e tratamento já são imensas, e começam a fazer parte do nosso dia-a-dia e das futuras gerações.

Postagem da Dra Simone Peccin, endocrinologista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O coração batendo fora do normal: Palpitações

Meu coração está disparando

Medida do pulso (batimentos cardiacos)