I M P O R T A N T E

As informações, sugestões e tratamentos citados neste blog e em seus links tem caráter apenas informativo, nunca substituindo a opinião ou conselho de seu médico.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Prevenção do derrame passa também pelo controle das arritmias.


 O dia 29 de outubro é o  Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC), também chamado de derrame. A ONG Rede Brasil AVC (coordenada pela incansável dra. Sheila Martins), realizará uma campanha nacional para transmitir informações ao maior número de pessoas possível sobre a doença, sua prevenção e manutenção da qualidade de vida daqueles que passaram por esta situação desagradável.
 Apenas no Brasil o AVC mata 1 pessoa a cada 5 minutos, segundo a Sociedade Brasileira de Neurologia. Além disso, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o AVC   e as doenças do coração são de longe as doença que mais matam no Brasil.
 A prevenção do derrame e das doenças cardíacas passa pelas mesmas medida, dentre elas: consultas médicas regulares, controle da pressão arterial, diabetes, colesterol elevado, tabagismo e também algumas arritmias cardíacas sendo a mais importante a fibrilação atrial. 
 A cada 6 AVCs, 1 é decorrente de fibrilação atrial, um dos tipos mais frequentes de arritmia cardíaca. Somente no Brasil há 1,5 milhões de pessoas com este tipo de arritmia.
 Muitas vezes este tipo de arritmia não é detectado pelo seu portador pois não traz sintomas porém sempre que reconhecida deve ser tratada. É importante lembrar que é sempre melhor (e mais fácil) prevenir do que remediar. Além destas medidas que todos devemos tomar, a utilização de medicamentos pode ser necessária. Os médicos contam hoje com novas medicações que podem prevenir com que as arritmias possam levar ao derrame cerebral.

Os fabricantes de dispositivos de fitness ou qualquer dispositivo com sensores relacionados com a saúde, geralmente são cuidadosos e r...