I M P O R T A N T E

As informações, sugestões e tratamentos citados neste blog e em seus links tem caráter apenas informativo, nunca substituindo a opinião ou conselho de seu médico.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

A internet e a medicina: parceria vencedora 1



A Internet mudou a forma como as pessoas interagem com o mundo. 
Anteriormente, os pacientes dependiam exclusivamente dos seus médicos para fornecer qualquer informação de saúde e tinham poucas opções para obter uma segunda opinião ou procurar outro especialista. A Internet pode ser uma excelente aliada, veja alguns exemplos de sua utilidade:

Encontrar médicos A penetração da Internet torna muito mais fácil para as pessoas localizar e conectar-se com médicos em sua cidade ou onde necessário. Diversos hospitais e laboratórios já remetem resultados de exames  por  e-mail.  A localização de um médico pode ser tão fácil quanto fazer uma pesquisa no Google, seja um laptop, desktop ou smartphone. 
Sites como www.zapsaude.com.br facilitam tanto o acesso quanto o agendamento de consultas.

Explorando opções de tratamento A maior parte dos médicos têm um método preferencial de tratamento, baseado em fatos científicamente comprovados, e são relutantes em sugerir opções que eles não conhecem completamente ou não estão disponíveis em sua cidade ou região. A disponibilidade de informações na Internet permite que os pacientes pesquisem opções de tratamento alternativo para conversar com seu médico, dando-lhes mais opções quando se trata de sua doença. É importante lembrar que a maior parte das informações médicas contidas na Internet não são de origem conhecida ou confiável, a próxima postagem tratará deste assunto.

Grupos de apoio Um aspecto extremamente importante da recuperação de um paciente é como eles e suas famílias lidam com o estresse  da doença e tratamento. Ter um grupo de pessoas que passaram ou estão passando pela mesma situação, pode ser a diferença entre o desespero e a coragem.
A Internet é o lar de muitos grupos de apoio, permitindo que pacientes e familiares com qualquer tipo de doenças ou mesmo sensações desagradáveis possam conectar-se, compartilhar histórias e oferecer conselhos e apoio para os outros que necessitam. Os dispositivos conectados à Internet abriram um novo nível de opções de comunicação para pacientes e médicos. As pessoas já não estão limitados à sua área geográfica ao tentar encontrar informações sobre sua doença ou procurar os médicos para novas opiniões. 
A conectividade que estamos experimentando atualmente tornou mais fácil do que nunca para que as pessoas se educarem e se conectar com os indivíduos que pensam ou sofram de maneira semelhante , promovendo uma cultura de partilha e intercâmbio de informações.


Na próxima postagem discutiremos um pouco sobre a confiabilidade das informações publicadas online.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Casado(a)? Sua chance de morrer por doença do coração pode ser menor!

Pessoas com doença cardíaca  casados apresentam menor risco de morte por doenças do coração assim como de outras doenças do que os não...