I M P O R T A N T E

As informações, sugestões e tratamentos citados neste blog e em seus links tem caráter apenas informativo, nunca substituindo a opinião ou conselho de seu médico.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Detectores de metal não causam interferência em portadores de marcapassos



  Os marcapassos são aparelhos pequenos, colocados abaixo da clavícula quando o coração está muito lento. Eles funcionam emitindo pequenos pulsos elétricos intermitentes, fazendo o coração bater  na frequência necessária para que seu portador possa ter uma qualidade de vida adequada. Para controlar as acelerações do coração que podem provocar a morte súbita, os médicos indicam a colocação de outro tipo de marcapasso chamados de desfibriladores. Eles são implantados da mesma maneira que os marcapassos tradicionais.
  Alguns dispositivos eletrônicos, como os detectores de metais utilizados para segurança nos aeroportos, utilizam campos magnéticos que podem interferir com a função dos marcapassos. Em estudo recentemente publicado, os médicos procuraram avaliar se os detectores portáteis de metais ("raquetes")  frequentemente utilizados em aeroportos podem causar interferências no funcionamento dos marcapassos.
  Após avaliar quase 400 pacientes com a utilização de eletrocardiograma durante a passagem pelo equipamento, os investigadores não observaram nenhuma alteração nos funcionamento dos marcapassos, ou seja apesar de não terem sido avaliados todos os tipos de marcapassos existentes, pode-se afirmar que a utilização dos detectores de metal manuais tipo "raquete" não causaram nenhuma interferência nos marcapassos ou desfibriladores implantados. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dia do portador de marcapassos

Em comemoração ao  Dia do Portador de Marcapasso , 23 de setembro, cardiologistas de todo o Brasil vão promover uma campanha orienta...