sábado, 27 de agosto de 2011

Apareceu um bloqueio no eletrocardiograma..... e agora?





  Os ramos direito e esquerdo são partes do sistema elétrico do coração. Eventualmente, um dos ramos  torna-se danificadas ou doentes e não conduzem os impulsos elétricos do coração.  Quando isso acontece, alterações importantes surgem no eletrocardiograma(ECG), permitindo que o médico faça o diagnostico de bloqueio do ramo direito (BRD) ou bloqueio do ramo esquerdo (BRE).
  Na maioria dos casos, bloqueio de ramo não é um problema médico sério e não necessita tratamento médico, apenas acompanhamento com a realização de eletrocardiograma. No entanto, o aparecimento de bloqueio de ramo (BRE mais do que BRD) pode ser um importante sinal de que existe doença cardíaca, a qual deve ser afastada pelo médico.
  Em muitos indivíduos, a evidência de bloqueio parcial, ou incompleto, do ramo está presente no  ECG.  Como acontece na presença de bloqueio completo do ramo, os bloqueios parciais são geralmente benignos, raramente estando associados à doença cardíaca.

  Apesar da natureza geralmente benigna de bloqueio de ramo, existem algumas circunstâncias em que  bloqueio de ramo pode progredir e necessitar de tratamento, até mesmo implante de um marcapasso.
Eventualmente pode ocorrer o bloqueio dos dois ramos, o que é chamado de bloqueio total. Quando isto acontece à freqüência cardíaca pode baixar perigosamente levando até mesmo a desmaios. Nestes casos é sempre indicado a colocação de um marcapasso, que fará o coração volte a bater na freqüência normal novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário