I M P O R T A N T E

As informações, sugestões e tratamentos citados neste blog e em seus links tem caráter apenas informativo, nunca substituindo a opinião ou conselho de seu médico.

quinta-feira, 3 de março de 2011

O coração e o cinema:o lado não glamoroso do Oscar


Diversos atores e atrizes de Hollywood sofreram derrames ou ataques cardíacos ao longo dos anos com evidentes efeitos evidentes em suas carreiras.
A premiação pelo Oscar iniciou em 1927. Desde então foram nominados 409 atores ou atrizes para o prêmio de melhor ator ou melhor atriz. Destes, 30 candidatos já tiveram infarto ou derrame cerebral, de acordo com estudo apresentado pelo Dr. Jeffrey Saver diretor da unidade de AVC da Universidade da Califórnia Los Angeles.
Artistas como  Mary Pickford, Bette Davis, James Cagney, Cary Grant, Kirk Douglas, Richard Burton, Grace Kelly, Elizabeth Taylor, Patricia Neal, Dudley Moore e James Garner foram afetados, obrigando a grande maioria a interromper  sua carreira.
"Derrames e ataques cardíacos têm um impacto enorme em atores de Hollywood, bem como a população em geral. A valorização do fumo sem dúvida, contribuiu para estas perigosas doenças  em muitos atores assim como do público que assiste aos filmes". 
Ainda segundo os autores, "Hollywood teve alguns efeitos positivos: a criação de um modelo de corpo ideal tende a ser benéfica, apesar dos perigosos efeitos dos excessos (anorexia).
Portanto, podemos ter em Hollywood exemplos positivos ou negativos. A utilização da midia para a divulgação de padrões de vida saudáveis são fundamentais para que haja efetiva diminuição do número de doentes do coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dia do portador de marcapassos

Em comemoração ao  Dia do Portador de Marcapasso , 23 de setembro, cardiologistas de todo o Brasil vão promover uma campanha orienta...