I M P O R T A N T E

As informações, sugestões e tratamentos citados neste blog e em seus links tem caráter apenas informativo, nunca substituindo a opinião ou conselho de seu médico.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Arritmias uma das causas de derrame cerebral


Devido ao grande número de visitas, vamos comentar um pouco mais sobre derrame cerebral. Aqui está uma causa menos conhecida de acidente vascular cerebral: batimentos cardíacos rápidos e irregulares ou conforme os médicos falam, fibrilação atrial

Como a respiração e todas as coisas que vêm naturalmente para nós, não sentimos normalmente os batimentos cardíacos. Ao menos que ele começe a acelerar ou desacelerar usualmente não sentimos nada.
É normal que o nosso coração a acelerar quando corremos ou nos agitamos mas, quando ele começa a bater excepcionalmente rápido e irregular, mesmo quando em repouso, pode ser um sinal de fibrilação atrial (FA) , uma alteração de ritmo comum em adultos no mundo inteiro.
Apenas nos Estados Unidos existem aproximadamente 2,3 milhões de pessoas com fibrilação atrial.
No entanto, apesar de ser uma condição comum, a fibrilação atrial pode não ser muito benigna. 



Mais importante ainda é que metade das pessoas que já são diagnosticados com esta arritmia não têm os fatores de risco comuns para desenvolvê-la como pressão alta, diabetes, ou algum tipo de doença cardíaca.

Além disso, mesmo quando uma pessoa vai para o hospital quando iniciam os sintomas, existe uma grande chance da arritmia terminar antes do atendimento pelo médico, impossibilitando assim o correto diagnóstico.

É por isso que em alguns países a ONG Arrhytmia Alliance está lançando uma campanha para que todos possam "sentir o pulso" com mais frequência. Assim, quando o pulso é irregular, é preciso fazer algo sobre isso."Queremos que os pacientes reconhecem que podem ter fibrilação atrial antes mesmo de iniciarem os sintomas e assim evitar as suas complicações como derrame cerebral" Utilizando um site e até mesmo um  aplicativo para o IPhone  (gratuito) já foram lançados com esta finalidade.
As arritmias são  basicamente uma alteração do sistema elétrico que controla e coordena nossos batimentos cardíacos. Durante a fibrilação atrial este sistema funciona mal. com os sinais elétricos surgindo de maneira irregular fazendo o coração vibrar em vez de contrair. Quando isso acontece, o sangue não consegue fluir suavemente para o corpo e existe a possibilidade de gerar coágulos que podem se soltar e  ir para o cérebro. Os médicos podem diagnosticar várias arritmias utilizando o estetoscópio e mesmo o aparelho de eletrocardiograma porém, em várias oportunidades outros exames podem ser necessários.


Como podemos saber se um batimento cardíaco rápido, acompanhado de falta de ar e desconforto no peito, por vezes, não é um aumento normal da freqüência cardíaca devido ao esforço ?  A chave é irregularidade. Quando o nosso ritmo cardíaco é aumentado em circunstâncias normais, ele sobe, mas de uma forma regular.

Sempre que seu coração bate rápido incomum, sem motivo justificado (como esforço, emoções, nervosismo, excesso de alcool ou café), e seus batimentos cardíacos são irregulares, é hora de consultar o seu médico.
"Algumas pessoas podem sentir falta de ar, tem dores no peito, ou até desmaiar".



No próximo post vamos comentar sobre algumas opções de tratamento.

2 comentários:

  1. Extra sistoles ventriculares é arritimia grave ?
    Obrigado

    ResponderExcluir

Dia do portador de marcapassos

Em comemoração ao  Dia do Portador de Marcapasso , 23 de setembro, cardiologistas de todo o Brasil vão promover uma campanha orienta...