I M P O R T A N T E

As informações, sugestões e tratamentos citados neste blog e em seus links tem caráter apenas informativo, nunca substituindo a opinião ou conselho de seu médico.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Remédios para emagrecer




Perder muito peso em pouco tempo parece milagre pra muita gente, e elas acabam por correr atrás de remédios para emagrecimento, na maioria das vezes, sem acompanhamento médico.


Mas os efeitos colaterais dessas drogas podem ser devastadores: boca seca, enjôo, euforia, insônia, irritabilidade, depressão, perda de atenção, aumento da pressão arterial, taquicardia, diversos tipos de arritmias,palpitações e até morte súbita.


Os emagrecedores (anfetaminas, anorexígenos e hormônios) são indicados somente para pacientes em tratamento contra a obesidade. Segundo o presidente do Departamento de Obesidade da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, "os remédios para emagrecer devem ser encarados como um auxiliar do tratamento de alguns  pacientes com IMC (Índice de Massa Corpórea) acima de 30, considerados obesos, ou acima de 25, com a presença de algum problema de saúde associado".


O remédio parece ser uma solução simples e fácil para quem quer emagrecer e não consegue seguir o regime. Mas não é bem assim. O importante, nessas horas, é não se iludir com a ideia de que usar o remédio que está funcionando para sua amiga vai lhe fazer bem também. É preciso procurar um médico para fazer uma avaliação geral e encontrar o remédio certo para cada um. De acordo com Castro, estes remédios são indicados para quem tem o IMC (Índice de Massa Corpórea) acima de 30. Ele ainda aconselha que só devem ser tomados com a supervisão médica e com uma dieta de baixa caloria, acompanhada de exercícios físicos.

Excelente post publicado por http://tinyurl.com/yk24gow

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dia do portador de marcapassos

Em comemoração ao  Dia do Portador de Marcapasso , 23 de setembro, cardiologistas de todo o Brasil vão promover uma campanha orienta...