I M P O R T A N T E

As informações, sugestões e tratamentos citados neste blog e em seus links tem caráter apenas informativo, nunca substituindo a opinião ou conselho de seu médico.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Hábitos saudáveis = vida melhor e mais longa



Pesquisadores alemães avaliaram mais de 25 000 pessoas com idade variando entre 35 e 65 anos e chegaram a interessantes (mas não surpreendentes conclusões:. As pessoas que conseguem incluir na sua rotina 4, apenas quatro hábitos saudáveis, a chance do surgimento de doenças crônicas diminui em 80 %. Quais doenças são estas? Diabete, infarto do miocárdio, derrame cerebral, câncer e artrite. Portanto, existem alterações nos nossos hábitos que podem mudam de maneira assustadora a nossa qualidade de vida agora e prevenir doenças. 
Se nós prestássemos atenção em:
1- controle de peso (IMC menor que 30)
2- Não fumar
3- Alimentação saudável (menos carne vermelha, mais frutas e vegetais) e
4- Exercício regular (ao menos 3 horas por semana).

Qual é o mais importante? Na verdade todos os quatro pontos são fundamentais.
Por exemplo, em obesos, a chance de surgimento de diabete passa de 80 %,
por outro lado, pessoas que não tem obesidade, nunca fumaram e tem padrões saudáveis de alimentação, o risco de doenças crônicas diminui em 70 %
Escolher qual a mudança de hábito mais importante é a mesma coisa que pedir para uma mãe dizer qual o filho que ela mais ama.... Complicado. Porém devemos sempre  lembrar que as doenças cardiovasculares são a maior causa de óbito no Brasil e no mundo. Praticamente metade destes óbitos são súbitos, inesperados. A sua prevenção pode levar a um amadurecimento saudável e a uma vida mais longa. Tudo passa por uma reprogramação de nossos hábitos e costumes.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Qual a dose correta de remédio?




Em recente artigo  pesquisadores americanos mostraram que usar uma colher de cozinha como medida para remédios pode ser um grave problema. Por que? É facil de entender.
Pergunte a qualquer cozinheiro(a) qual a receita para fazer um bolo gostoso. Todas as receitas tem medidas que devem ser seguidas (1 colher de açucar, 2 tabletes de caldo de carne, etc) 
Ora, com os remédios devemos ter ainda mais cuidados. As colheres de cozinha tem diversas formas, diversos tamanhos, diferentes profundidades, enfim, dificilmente se consegue dar a mesma dose de remédio duas vezes.
Os efeitos são fáceis de imaginar: ou a doença não é tratada corretamente (pouco remédio) ou a possibilidade de efeitos colaterais aumentam (dose altas). O estudo mostrou que 1 em cada 5 pessoas que utilizam a colher de cozinha tomam a dose errada de medicação.

O que fazer então? Utilize as colheres-medida que acompanham as medicações. Lave após cada uso e guarde junto com o vidro. Nas farmácias existem também seringas dosadoras, que podem ser úteis principalmente para utilizar com crianças.

Os fabricantes de dispositivos de fitness ou qualquer dispositivo com sensores relacionados com a saúde, geralmente são cuidadosos e r...