I M P O R T A N T E

As informações, sugestões e tratamentos citados neste blog e em seus links tem caráter apenas informativo, nunca substituindo a opinião ou conselho de seu médico.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Para que serve o eletrocardiograma



  Nosso coração funciona para bombear o sangue para todo o organismo. Para exercer esta função de maneira efetiva, as suas células são interligadas por um sistema elétrico que possui o equivalente a usinas, transformadores e linhas de transmissão.
   Assim, cada batimento cardíaco inicia-se com um estímulo elétrico na região chamada de nó sinusal, é transmitida pelas câmaras superiores (átrios) até chegar a uma região que filtra a energia e transmite para as câmaras inferiores, chamadas de ventrículos. Daí o sangue é transmitido para todos os orgãos pelas artérias.
   Esta atividade elétrica organizada permite que o coração receba e impulsione o sangue aproximadamente 100 000 vezes por dia. 
   O estudo desta atividade elétrica é muito importante pois suas alterações podem ser sinal da presença de doenças cardíacas. Esta avaliação pode ser feita por diversos exames sendo que o eletrocardiograma (ECG) é o mais usualmente realizado. Neste exame, cada batimento é decodificado em uma série de sinais elétricos (ondas) que representam a contração de cada uma das partes do coração. Apesar de simples, é uma excelente ferramenta para avaliarmos a presença de alterações no tamanho do coração, presença de infartos prévios, arritmias, bloqueios e até mesmo risco de morte súbita.
   O exame é realizado no próprio consultório médico, sendo que são conectados diversos fios no tórax, braços e pernas. Estes fios são conectados a um aparelho (eletrocardiógrafo) que registra a atividade elétrica. Importante lembrar que o aparelho não libera nenhuma energia, portanto não dá choques. É um exame simples de ser realizado e altamente útil na avaliação do coração.É recomendado que todos acima dos 50 anos façam avaliações cardiológicas regulares e sempre deve ser realizado um eletrocardiograma.
  Exames como o ECG de 24 hs (holter), o teste ergométrico e outros também são úteis na avaliação do sistema elétrico do coração.

3 comentários:

  1. Qual é o batimento normal durante o repouso de um idoso de 62 anos que pesa 80kg fem

    ResponderExcluir
  2. Qual é o batimento normal de um idoso de 62 anos em repouso 80 kg fem.
    obrigado

    ResponderExcluir
  3. Solange, em primeiro lugar é bom deixar claro que ninguém é considerado idoso aos 62 anos. Cada vez mais a medicina oferece recursos para preservar a qualidade de vida por mais tempo sendo que a vida média do brasileiro de classe média está cada vez maior. A frequência cardíaca normal para quem não está tomando medicações e não apresenta doenças do coração ou da tireóide pode variar entre 60 e 85 batimentos por minuto, em repouso. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir

Casado(a)? Sua chance de morrer por doença do coração pode ser menor!

Pessoas com doença cardíaca  casados apresentam menor risco de morte por doenças do coração assim como de outras doenças do que os não...