Marcapassos e MP3 interações a serem melhor observadas



Em artigo publicado na última edição da revista da Sociedade Americana de Arritmias Cardíacas foi demonstrado que aparelhos portáteis de reprodução de músicas (MP3) utilizados com fones de ouvido podem causar interferências no funcionamento de marcapassos ou nos cardioversores-desfibriladores implantáveis (CDI).
Foram avaliados 100 pacientes com aparelhos implantados. Em 30 % foram observadas alterações com alguns modelos de tocadores de MP3 e/ou fones de ouvido.
Em todos pacientes a interferência só foi detectada quando o aparelho e ou o fone estavam a menos de 2 cm do marcapasso ou do CDI.
O motivo para tal é a ação das ondas eletromagnéticas emitidas por estes equipamentos que pode modificar temporariamente a programação dos marcapassos/CDI . Esta situação pode, ser potencialmente perigosa pois as interferências podem provocar até mesmo o desligamento temporário de algumas funções importantes dos aparelhos.
Estes achados não são realmente uma surpresa pois  já é bem conhecido que os portadores de marcapassos ou desfibriladores não devem posicionar aparelhos eletrônicos ou telefones celulares próximos ao local de implante.
A recomendação é que os aparelhos de MP3, fones de ouvidos, assim como outros equipamentos eletrônicos (inclusive telefones celulares) sejam mantidos a pelo menos 5 centímetros do local onde foi implantado o marcapasso ou o desfibrilador.

Comentários

  1. boa noite,tenho um prolapso da válvula mitral e arritmia. Faço Varfine e Cordarone. Gostaria de saber se há risco se me submeter a tratamento estético facial com rádiofrequência no rosto e pescoço. Obrigada

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O coração batendo fora do normal: Palpitações

Meu coração está disparando

Medida do pulso (batimentos cardiacos)