I M P O R T A N T E

As informações, sugestões e tratamentos citados neste blog e em seus links tem caráter apenas informativo, nunca substituindo a opinião ou conselho de seu médico.

domingo, 20 de setembro de 2009

Viagra e o coração



A disfunção erétil sempre foi um dos maiores medos do homem.  Medicações como o Viagra (Sildenafil), Cialis (Tadalafil) e Levitra (Vardenafil)  modificaram a história fazendo um número interminável de casais mais felizes.
Muito tem se dito e escrito sobre o risco do uso destas medicações em portadores de doenças cardíacas.  Vamos tentar esclarecer alguns aspectos sobre este tema.
Estas três medicações atuam da mesma maneira, diminuindo a ação da enzima que causa o relaxamento peniano.  Em outras palavras,  quanto menos enzima,  mais prolongada a ereção.
São drogas que provocam a dilatação das veias e podem, como conseqüência, provocar uma diminuição da pressão. Na imensa maioria dos portadores de doença cardíaca, inclusive aqueles com pressão alta em tratamento, esta alteração da pressão não causa problemas.
Porém, além do efeito na pressão arterial, estas drogas interagem com outra classe de medicamentos muito frequentemente utilizada: os nitratos (mais comuns: Isordil, Sustrate, Isocord, Monocordil).
Estas são medicações vasodilatadoras muito importantes e utilizadas pelos portadores de obstrução nas artérias do coração (coronárias).
A combinação destes dois tipos de remédios pode levar a queda de pressão e até mesmo desmaios. É importante lembrar que existem diversos tipos de remédios para tratar as obstruções coronárias.
Portando, aqueles que utilizam drogas vasodilatadoras como parte de seu tratamento, só devem utilizar Viagra ou similares após conversar com seu médico.

Muitas pessoas tem dúvidas sobre tratamentos pessoais ou de familiares, as quais não serão respondidas pela internet. 
Nenhuma consulta a internet substitui uma consulta a seu médico.

3 comentários:

  1. Tenho 27 anos e depois de tomar viagra de forma recreativa e totalmente irresponsável, notei uma diminuiçao dos batimentos cardíacos e também parece que os batimentos estao mais "fortes".
    Consultei um médico, que realizou um eletro e disse que estava tudo bem, me recomendando a pratica de esportes. Porém, quando pratico algum esporte (nado regularmente) noto que o coraçao bate ainda mais forte. Isso pode gerar uma parada cardíaca ? Existe maior risco de sofrer um infarte ?

    ResponderExcluir
  2. Olá, acredito que esta sensação do coração bater mais forte não seja nada mais sério mas, de qualquer meeira fizestes muito bem em ir conversar com um médico. A sensação do coração bater mais forte, as vezes mais rápido, durante a prática de atividades físicas não está associada a nenhum risco de infarte ou morte súbita.Talvez seu médico peça um exame chamado Holter 24 hs, que mede os batimentos cardíacos por 24 hs, ou mesmo um teste de esforço para avaliar melhor mas fique tranquilo. Abraços e obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  3. Olá ... faço uso do Cialis de forma recreativa .. tenho 29 anos ... Pratico esporte regularmente, e devido o baixo custo fiz uso do viagra (genérico) + álcool (3 Taças de Vinho) senti uma quentura no rosto e mal estar, mas o sexo foi bom ... após uma semana senti muita arritmia (coração batendo na garganta e pressão no peito), coração completamente descompassado .. procurei um cardio e ele realmente notou esses batimentos irregulares no exame clínico e recomendou o exame Holter 24H e um ecocardiograma ... já fiz os exames e estou esperando os resultados, hj estou com os batimentos mais normais, será q essa arritmia súbita pod ter sido causada por esses estimulantes? d qualquer jeito já aprendi minha lição ... Viagra e Cialis Nunk mais ...

    ResponderExcluir

Os fabricantes de dispositivos de fitness ou qualquer dispositivo com sensores relacionados com a saúde, geralmente são cuidadosos e r...